Opções alimentares reduzem a gordura da dieta

Por J.Costa


A gordura é vista mais como uma vilã da dieta, mas diferentemente do que se pensam, elas possuem papéis muito importantes nas funções do nosso organismo, como pela produção de diversos hormônios, proteção celular, proteção térmica do corpo e funciona também, como veiculo para absorção de vitaminas. Por isso, ela precisa ser responsável por 30% das calorias consumidas diariamente. Conheça aqui, quais opções alimentares reduzem a gordura da dieta.

Não é qualquer gordura que faz bem para nossa saúde e silhueta. As gorduras que protegem nosso coração, gorduras boas ou insaturadas, são encontradas em peixes, óleos vegetais, castanhas, azeite e no abacate. Mas existem aquelas gorduras ruins, as saturadas, que aumentam o colesterol e estão presentes em alimentos de origem animal, como carnes e leite com seus derivados.

Precisamos de uma alimentação que proponha o equilíbrio entre essas gorduras com outros nutrientes. A maioria das pessoas ingerem muito mais gorduras do que as que são recomendadas diariamente, principalmente pelo fato dos alimentos industrializados.

Opções alimentares reduzem a gordura da dieta

Trocas saudáveis na cozinha reduzem a gordura da dieta

Aprenda a fazer as trocas saudáveis de alimentos:

Queijos gordos x queijos magros

Os queijos são muito calóricos, além de muito saborosos, por isso podem comprometer todo o processo para o peso ideal. A mussarela, parmesão, prato e cheddar são mais gordos do que a ricota e o cottage, por exemplo. Os queijos brancos tem um menor teor de gorduras, pois são feitos a base de leite desnatado ou semi-desnatado.

Pães de ovos x pão francês ou de fôrma

Quem não gosta de incrementar o desjejum com um pãozinho? Então escolha bem o tipo de pão que você coloca na sua mesa, pois um pão pode ter mais gordura do que os outros, como é o caso do pão de ovo que tem o dobro de gordura que um pão francês ou de fôrma.

Manteiga e margarina x óleo de canola e azeite extra-virgem

Quase não existe diferença calórica entre essas gorduras, mas a principal diferença está no valor nutricional. A margarina pode até conter gordura trans-hidrogenada, causando efeitos muito ruins à saúde, enquanto que a manteiga é rica em gordura saturada, o que pode aumentar o colesterol.

Os óleos de soja, milho, canola e girassol são excelentes fontes de gordura poli-insaturada e esses óleos fazem bem à saúde. Isso porque protegem o coração, ajudam nas transmissões nervosas e controlam a pressão arterial. Sem contar que não possuem colesterol por serem gorduras de fontes vegetais.

Essas opções alimentares reduzem a gordura da dieta. Vale a pena investir nesses e em outros tipos de alimentos mais saudáveis e que podem ser substituídos sem perder a essência do sabor.

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.