Óleo emagrece? Especialistas contestam!

Por J.Costa


As fórmulas e substâncias oferecidas pela sociedade em geral como forma de obter auxílios para o emagrecimento são variadas e contam com novidades a cada momento a exemplo da famosa opção de que a ingestão de óleo emagrece.

Esta prática mesmo sendo muito usada pelas pessoas em geral de forma até mesmo indiscriminada para perder peso conta com una série de cuidados e questionamentos dos especialistas no ramo da saúde e nutrição. Para você que pretende consumir este tipo de produto para conseguir ficar mais bel vamos mostrar a seguir os principais questionamentos sobre o assunto.

Óleo emagrece: especialistas contestam

Contestações de que óleo emagrece
Os óleos vegetais oferecidos como soluções para acelerar o emagrecimento, de acordo com seus criadores, conseguem acelerar o metabolismo corporal mesmo com a presença de muitas calorias.

Isto ocorre porque além de possuírem nutrientes importantes contam com atividade termogênica a qual eleva a queima de gorduras do corpo. O problema dos óleos vegetais para o emagrecimento reside no fato de que ainda existem muito poucas provas científicas dos mecanismos de atuação no corpo destas substâncias bem como o fato de que os seus benefícios até o momento não superam os malefícios que o seu uso pode ocasionar.

Com relação às suas restrições pode ser citado o fato de que os óleos vegetais para emagrecer devem ser ingeridos somente até 2 colheres de chá por dia, pois acima disso surgem alterações orgânicas pelo seu uso como diarréia e outras disfunções intestinais.

Além disso, o que as pesquisas científicas têm mostrado é que este tipo de óleo pode ser usado para ajudar no emagrecimento somente como um adjuvante.

Ou seja, pode ter resultados efetivos para a diminuição da gordura corporal quando em associação com uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos regulares.

Mas sozinhos este tipo de óleo não faz milagre e pode de forma contrária engordar ao invés de emagrecer. Existe ainda a consideração com relação aos óleos de chia, cártamo e linhaça os quais contam com o oferecimento de substâncias importantes como ômega 3, 6,9, mas que podem ser obtidos em alimentos como outros óleos de soja, milho, canola -, azeite e ainda nestes produtos na forma de sementes.

Desta maneira, de acordo com orientações e pesquisa atuais a afirmação de que óleo emagrece deve ser feita com muita cautela e o seu uso com esta finalidade deve acontecer somente com orientação profissional e seguindo uma dieta saudável e equilibrada.

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.