MMA: a dieta dos lutadores

Por J.Costa


Nutricionista contra sobre a dieta dos lutadores antes dos combates e sobre os riscos de se emagrecer rápido sem acompanhamento.

Quem não acha estranho a quantidade que um lutador de MMA consegue emagrecer antes de uma luta? Pois é. Na realidade, este emagrecimento não é nada fácil e não é uma dieta tirada apenas da cabeça do atleta. A perda de peso é seriamente acompanhada por médicos, e exige dos atletas tanto foco quanto disciplina.

Há pouco tempo, um atleta do UFC, Renan Barão sofreu um mal estar súbito numa destas tentativas de perda de peso.

Rafael Holanda é educador físico graduado, além de nutricionista. Além disto, é pós-graduado em fisiologia aplicada a saúde e ao desempenho e em nutrição esportiva. É o Rafael Holanda que trabalha com o cuidado alimentar dos atletas de Alagoas. Como profissional ele explicou como é este processo de perda de peso e deu algumas dicas para estas dietas não prejudicarem a saúde.

As artes marciais mistas são esportes de extremo impacto corporal e desgaste físico. Assim, os atletas necessitam de uma preparação ideal para que não sofram nenhum tipo de dano à saúde.

MMA: a dieta dos lutadores

Rafael conta que os atletas têm treinos pesados que podem chegar a oito horas de atividades físicas diárias. Para isso precisam de bastante energia, é claro. Assim, a nutrição destes atletas deve ser perfeita, fornecendo a eles toda a força e agilidade que precisam.

Rafael aproveitou e revelou como é o processo de emagrecimento que trabalha com seus lutadores:

– Os atletas possuem normalmente 10 kg ou mais do que precisam para lutar. No período de 20 a 25 dias antes das lutas é iniciada a redução de peso e na última semana ela é muita mais restrita e acompanhada por profissionais para que eles possam bater o peso no dia correto da luta.

A perda de tantos quilos é muito complicada. E a maioria dos atletas opta pelo processo de desidratação.

Na fase de desidratação os atletas usam saunas e banheiras que podem levar à perda de 6 quilos em um único dia.

Já depois da pesagem, o processo inverso é realizado. Os lutadores se reidratam e passam pela compensação alimentar. Então o atleta recupera os 10 a 15 kg que perdeu na fase anterior.

Obviamente este efeito sanfona não é bom para a saúde. Mas faz parte do MMA e por detrás de todas estas dietas malucas existem profissionais que proporcionam que estas maluquices se tornem cada vez mais seguras.

Então, para você que não entendia como era a rotina de um lutador de MMA, aí está a explicação para tanto ganho e perda de peso em tempos tão pequenos.

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.