Faço dieta e não emagreço

Por J.Costa


Muitas pessoas mesmo seguindo corretamente suas dietas não conseguem perder peso. Algumas apontam como principal motivo o metabolismo ruim, outras algo disfuncional. Mas será que é realmente isto, ou algo a mais deve ser visto?

Faço dieta e não emagreço

Porque as dietas falham?

1. Não estão sendo compreendidas: Um dieta não e um ato natural. Se voltarmos ao passado distante e pudéssemos visitar os tempos antigos não encontraríamos qualquer ser humano tentando perder peso.
Em tempos antigos, uma gordura extra seria uma vantagem na sobrevivência e mesmo no século XXI em que há uma grande fartura de comida, ainda assim nossos corpos se comportam como no passado.
O organismo estoca gordura para se defender contra danos, mas infelizmente para muitas pessoas não há um limite para isso, ou seja, pessoas propensas a obesidade podem estocar centenas de quilos de gordura corporal.
Agora é possível compreender que uma dieta para perda de peso é simplesmente um processo que faz o corpo acreditar que não faltará comida, por isso não é necessário realizar estoques de gordura.
A respostas do corpo se apresenta de duas formas: a primeira usando a gordura como “combustível” e a segunda sabiamente queimando-a lentamente a fim de sobreviver a qualquer escassez de alimentos estendida.
O copo humano é uma máquina incrível: um sistema flexível que quando sente falta do alimento diminui o ritmo e queima menos calorias, mas quando a abundância, acelera o ritmo. Estes mecanismos permitiram nossos antepassados ficarem com o peso estável mesmo quando havia uma grande “flutuação” na alimentação.
Acho que agora ficou claro para você que você não pode ficar sem comer por muito tempo e tampouco comer poucas vezes exageradamente, não é?

2. Não há um consumo adequado de calorias: Na prática criamos uma dieta de 1.500 calorias em média, dependendo do sexo. Parece simples, não? Mas não é!
A contagem de calorias é uma adivinhação completa no mundo moderno. Alimentos industrializados possuem a especificação com relação as calorias, mas e no caso de você estar em bares, restaurantes, querer consumir pratos congelados ou algo assim?
Então, verifique se você está está realmente as calorias indicadas pelo seu nutricionista.

3. Insulina alta: A insulina é um hormônio importante para armazenar gordura. A redução nos níveis de insulina pode quebrar a gordura.
Como ela é feita basicamente por amido ou açúcar é necessário eliminar definitivamente pão, massas, biscoitos, arroz e sobremesas.

4. Confiança no exercício: Claro que o exercício é fundamental, mas sozinho ele não faz nada.

Não acredite em capas de revistas e outras porcarias que levam você acreditar em rápida perda de peso sem grandes esforços, é tudo balela! Perda de peso é difícil e exige um esforço árduo!

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.