Estresse e ansiedade engordam

Por J.Costa


Antigamente suspeitava-se que algumas doenças (principalmente as de pele como o vitiligo, psoríase e dermatites em geral) e a obesidade eram causadas ou desencadeadas por fatores emocionais como a ansiedade e estresse. Hoje se tem absoluta certeza sobre isso.

A OMS calcula que cerca de 90% da população mundial sofra com algum nível de estresse. A origem desse estresse pode ser psicológica, ambiental ou fisiológica.

O estresse faz um mal tremendo ao ser humano porque aumenta a produção de radicais livres e do cortisol, conseqüentemente levando ao aumento das bactérias Gran negativas, nocivas a saúde. Os sintomas do estresse mais comuns são as dores de cabeça, fadiga, indigestão, diarréia, obesidade, insônia, queda da libido, dores, infertilidade, alergias, depressão, câncer entre outros.

Estresse e ansiedade engordam

Os seres humanos possuem duas glândulas chamadas de suprarenais que quando estamos sob stress produzirem uma série de hormônios dentre eles o temido cortisol. O pior de tudo é que os estressados tendem a acumular gordura na região abdominal e tem mais chances de desencadear diabetes, pressão alta, infarto e derrame.

Durante entrevista à rádio do Ministério da Saúde, o médico endocrinologista, Airton Golbert, chamou a atenção para o estresse, provocado pelo estilo de vida das grandes cidades.

Recentemente o médico endocrinologista Airton Golbert revelo a rádio do Ministério da Saúde que o estresse e ansiedade podem afetar não só a saúde como a beleza das pessoas. Segundo ele, a ansiedade acaba fazendo as pessoas comerem mais.

Airton Golbert revelou que a única maneira conhecida de combater o problema é praticando exercícios físicos já que não existe remédio para curar o problema.

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.