Emagrecer depois da menopausa é mais difícil?

Por J.Costa


O avanço da idade nas mulheres não significa nos dias atuais a perda de sua vaidade e cuidados com o corpo que continuam acontecendo da mesma forma que anteriormente sendo que neste caso surge a questão sobre emagrecer depois da menopausa.

Com relação a este assunto existe o questionamento de que depois desta fase da vida feminina o processo de emagrecimento ficaria prejudicado com uma maior dificuldade para conseguir perder peso quando comparado com outras idades.

Se você está passando ou já fez a sua menopausa e tem este tipo de dúvida ou problema vamos mostrar a seguir as justificativas para esta relativa dificuldade e as formas de melhorar isso obtendo o peso desejado.

Emagrecer depois da menopausa é mais difícil?

Como é possível emagrecer depois da menopausa

Para iniciar as nossas considerações é preciso saber que a menopausa consiste no final de um processo chamado de climatério o qual ocorre nas mulheres a partir dos 40 anos que faz uma série de alterações do corpo feminino significando a sua transferência para a idade idosa.

Dentre estas alterações estão a perda da menstruação, hormônios alterados que levam à redução do sono, maior nível de estresse, maior desânimo e cansaço bem como um metabolismo mais lento.

Em virtude destas mudanças orgânicas normais em toda mulher nesta faixa etária ocorre realmente uma maior dificuldade para conseguir perder peso mesmo mantendo o mesmo tipo de alimentação anterior à ocorrência da menopausa.

Com relação à queda do nível de metabolismo isto significa de forma prática o uso pelo corpo de uma menor quantidade de calorias para que suas reações orgânicas aconteçam levando a uma menor queima da gordura acumulada.

De forma adicional a isto, com a menopausa o estrogênio diminui no corpo feminino levando à um maior acúmulo de gordura na região abdominal que pode levar não apenas à uma questão estética menos adequada como também a uma série de doenças como diabetes, problemas do coração, dentre outros.

Mas toda esta conjuntura do organismo pode ser organizada de forma melhor pelas mulheres conseguindo emagrecer, mas igualmente para as outras idades isto não ocorre de maneira rápida e fácil.

Para isso é preciso manter ou adotar hábitos saudáveis de alimentação, com boa ingestão diária de água bem como com a prática de exercícios físicos constantes eliminando com isso o desânimo e a falta de vontade para a realização destas atividades.

Desta maneira, existe realmente uma maior dificuldade de emagrecer depois da menopausa em virtude de todas as alterações que acontecem no corpo, mas que podem ser contornadas levando à obtenção do peso desejado que será bom não apenas no aspecto físico, mas também na questão de saúde das mulheres.

Continue lendo:

One thought on “Emagrecer depois da menopausa é mais difícil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.