Dieta vegetariana faz bem para pressão arterial

Por J.Costa


As doenças cardíacas afetam milhões de pessoas em todo o mundo e neste tipo de patologia a hipertensão arterial é a recorde em pacientes sendo que um recente estudo comprovou que a dieta vegetariana faz bem para pressão arterial.

Muitas pessoas são um pouco céticas com relação aos benefícios da dieta vegetariana pela ausência de carne na mesma e por isso a presença de estudos científicos neste assunto ajudam a mostrar seus benefícios e elevar os praticantes deste tipo de regra alimentar.

Dieta vegetariana faz bem para pressão arterial

Benefícios da dieta vegetariana para a pressão arterial

O estudo científico realizado para chegar a esta conclusão aconteceu no Japão com a análise de 7 ensaios clínicos e aproximadamente 32 estudos publicados entre 1900 e 2013 com adeptos à dieta vegetariana com verificações da pressão arterial.

Os resultados mostraram que ter de forma constante uma dieta vegetariana mantém esta pressão mais baixa e ainda combate casos de hipertensão já instalados. De maneira mais detalhada a pressão arterial sistólica – que se refere à pressão no interior das artérias quando ocorre maior força do sangue do coração sobre elas – foi 5 mmHg menores do que as pessoas que ingeriram carne.

Já a pressão diastólica – que consiste na pressão feita pelo sangue nas artérias quando o coração relaxa –foi de 2,2 a 5 mmHg menores em seus valores quando comparados com pacientes que consumiram carne. Estes dados que podem significar relativamente pouco quando considerados com relação ao desenvolvimento de doenças cardíacas mais sérias é ainda mais relevante porque ocorre a redução de 7% para a mortalidade geral, 14% para mortes em virtude de AVC e ainda 9% para doenças coronárias.

Os dados desta descoberta, no entanto, não são definitivos pois existe a necessidade de mais estudos para determinar qual dos diferentes tipos de dieta vegetariana existentes podem proporcionar um controle maior da pressão arterial verificado.

Tipos de dieta vegetariana

Com esta descoberta tão importante é possível que muitos estejam se decidindo por começar a ter esta forma de alimentação e neste caso é preciso saber que existem diferentes tipos de dieta vegetariana. O Crudivorismo são os vegetarianos que comem apenas alimentos crus sem carne, o Frugivorismo se refere à ingestão apenas de frutas, nozes e alguns tipos de legumes e um dos mais comuns que é o Lactovegetarianismo com a inclusão de derivados do leite exceto os ovos.

É possível escolher ainda o Ovolactovegetarianismo com a inclusão de derivados do leite e ovo evitando neste caso o problema de falta de proteínas, o Veganismo no qual alimentos e produtos que exijam sacrifício animal é proibido ou ainda o Vegetarianismo estrito cujos seguidores não consomem nada que seja de origem animal.

Conclusão

Com isso, foi comprovado que o seguimento de uma boa dieta vegetariana faz bem para pressão arterial reduzindo os seus valores, controlando casos de hipertensão e ainda impedindo em bons percentuais o surgimento de patologias em geral nas pessoas.

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.