Dieta Low Carb com saúde: como fazer?

Por J.Costa


Um dos grandes desejos das mulheres que estão um pouco acima do peso é, com certeza, voltar à boa forma em pouco tempo e por isso aderem a dietas que muitas vezes podem levar a problemas posteriores sendo preciso neste caso fazer uma dieta low carb com saúde.

Este tipo específico de dieta é bem conhecido pela sua baixa quantidade de carboidratos que é ingerida, mas que precisa antes de ser iniciada a atenção a aos seus prós e contras evitando excessos na redução alimentar que podem ser muito complicados.

Dieta Low Carb

Informações para dieta Low Carb com saúde

Os carboidratos são formados, de maneira geral, por alimentos como pães, bolos, biscoitos, massas, batata, macarrão, arroz e outros os quais deve haver a priorização dos alimentos que possuem carboidratos complexos com baixo índice glicêmico como os alimentos integrais e a batata doce.

O alimento que contém carboidratos com este tipo de característica tem uma absorção mais lenta pelo corpo, evitando o surgimento de picos de glicose e insulina determinando, assim, uma maior queima de gordura e prolongamento na sensação de saciedade.

Além disso, frutas, verduras, água e alimentos integrais são indicados nas dietas com baixa ingestão de carboidratos que não ser reduzido a menos de 40% da alimentação com o risco de haver distúrbios sérios no organismo.

Benefícios da dieta Low Carb

Este tipo de dieta proporciona a perda de peso porque mantém níveis ótimos de glicose evitando assim o seu excesso e consequente armazenamento nas células como gordura existindo ainda uma menor alteração da insulina e produção maior do Glucagon hormônio que retira a gordura das células para ser queimada.

O auxílio deste tipo de dieta também é potencializado quando a ingestão de carboidratos é reduzida a até 40% da alimentação geral, mas há a necessidade da melhoria na qualidade tanto dos carboidratos como também da gordura e proteínas a serem consumidas com o cuidado para melhorar os hábitos alimentares.

Para conseguir estes efeitos as melhores opções são os carboidratos complexos que contém fibras como as versões integrais porque elas mantêm o alimento no estômago por mais tempo determinando a redução na absorção da glicose e ainda retarda a sensação de fome.

Problemas com uso da dieta Low Carb

Os riscos relacionados com a prática desta dieta estão diretamente voltados à quantidade de carboidratos que será cortada da alimentação sendo o correto consumir diariamente até 55% de carboidratos, 20% de proteínas e 30% de gorduras saudáveis.

Para quem vai reduzir a quantidade destes nutrientes com o objetivo de emagrecer é preciso cuidar para que em 3 meses esta diminuição seja para 40% de carboidratos e 20% de proteínas.

Quando ocorre uma redução maior de carboidratos e um aumento excessivo nas proteínas a serem consumidas surgem dificuldades como redução do metabolismo levando ao gasto dos músculos na obtenção de energia destinado ao funcionamento celular.

Para saber se você está exagerando na redução dos carboidratos ingeridos basta atentar para alguns sintomas como prisão de ventre, cansaço constante, pouca disposição, alterações intestinais, dor de cabeça, falta ou excesso de sono.

Conclusão

Desta forma, é possível realizar uma dieta Low carb com saúde tomando cuidado para não fazer uma redução muito brusca dos alimentos que contém carboidratos para com isso obter os benefícios desejados para uma boa forma e manutenção da saúde adequada.

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.