Dieta do tipo sanguíneo: Saiba como funciona e se é boa para saúde

Por J.Costa


As pessoas possuem quatro tipos diferentes de sangue – O, A, B e AB – que determinam, por isso, o surgimento de necessidades alimentares diversificadas. Considerando esta peculiaridade do corpo, surgiu a famosa Dieta do Tipo Sanguíneo, que possui seguidores famosos como a atriz Cláudia Raia.

Mas se engana quem pensa que esta dieta é nova porque o seu surgimento foi no ano de 1996 com o lançamento pelo americano Peter D’Adamo do livro “A Dieta do Tipo Sanguíneo”.

A dieta do tipo sanguíneo faz bem para a saúde?

A regra básica desta dieta consiste em colocar de forma diária na alimentação os alimentos que mais combinam com o corpo de acordo com o tipo sanguíneo evitando assim o surgimento de inflamações e infecções devido a erros alimentares.

Ao evitar estes processos inflamatórios surge uma cascata de efeitos benéficos como a redução na retenção de líquidos que levam a um menor inchaço e, por conseguinte, a eliminação das gorduras em excesso obtendo assim o tão esperado emagrecimento. Outros benefícios da Dieta do Tipo Sanguíneo estão na aceleração no ritmo do metabolismo levando à possibilidade de perder até 6 quilos de peso em um único mês.

Dieta do tipo sanguíneo

Saiba aqui tudo sobre a dieta do tipo sanguíneo.

Para você que decidiu fazer a dieta do tipo sanguíneo vem então a dúvida: como vou organizar o meu cardápio para conseguir emagrecer e ficar com mais saúde, não é mesmo?

Como fazer a dieta do tipo sanguíneo

Com o objetivo de facilitar justamente o uso desta modalidade de dieta, os alimentos são divididos em Benéficos – que protegem o organismo e são necessários todos os dias -, os Neutros – que são apenas fonte alimentar sem proteção adicional e que podem ou não ser consumidos – e os Nocivos que causam prejuízos ao organismo e por isso devem ser evitados totalmente.

Na dinâmica desta dieta as calorias em si não importam, mas sim o consumo de porções moderadas de alimentos que devem ser consumidos a cada três horas para manter um nível alto do metabolismo corporal.

Para quem é do tipo sanguíneo O o corpo possui uma grande necessidade de ingerir proteínas com origem animal. Por isso, para este tipo sanguíneo os alimentos mais indicados são as carnes, os peixes, laticínios, frutas – ameixa, nozes e figo – e verduras como abóbora, brócolis, alface.

Já os alimentos nocivos para quem possui sangue tipo O são carnes de porco, peixes como salmão, verduras como berinjela, milho e repolho, cereais de forma geral, óleo de milho, frutas como laranja, morango, amendoim, castanhas e abacates além de laticínios como creme de leite, iogurte, leite e queijos.

Se você possui sangue do tipo A é preciso considerar que o seu sistema digestivo é frágil e por isso os alimentos mais indicados são os peixes, queijo de soja, verduras, frutas como abacaxi, ameixa, limão e damasco além de cereais como arroz, soja, aveia e farinhas.

Por outro lado, quem possui sangue do tipo A não deve comer carne, frutas como caqui e carambola, verduras como repolho, tomate e batata, cereais como farinha de trigo, pão integral e granola, laticínios como creme de leite, sorvete, leite em geral e seus derivados além de chá preto, refrigerante e cerveja.

Para as pessoas que possuem sangue do tipo B é possível tolerar dietas mais variadas com o uso de alimentos como carnes de carneiro, peixes como bacalhau, salmão e sardinha, grutas como abacaxi, banana, mamão e uvas, iogurte, leite, queijo, ovos, verduras como cenoura, batata doce, beterraba, couve e repolho além de cereais como arroz e aveia integral.

No entanto, para quem possui este tipo de sangue não deve comer carne de frango e de porco, peixes como camarão, lagosta e polvo, queijos diferentes como roquefort, frutas como caqui e carambola, verduras como tomate, milho verde e azeitonas, farinhas variadas, maisena, pimenta, refrigerante e bebidas alcoólicas.

Já para aqueles que possuem sangue do tipo AB é possível ingerir alimentos como carnes de carneiro, peixes como bacalhau, atum e sardinha, iogurte, queijo, mussarela, frutas como abacaxi, ameixa, limão e uva, verduras como alho, beterraba, brócolis, couve-flor e pepino bem como arroz e farinhas de diversos tipos.

Mas para quem possui sangue do tipo AB é proibida a ingestão de carnes de boi, frango e porco, peixes como lagosta, camarão e lagosta, frutas como banana, laranja, manga e goiaba, verduras como milho verde, pimentão e rabanete, leite integral, creme de leite, manteiga, cereais matinais, amido de milho, vinagre, maisena e pimenta.

Conclusão

Assim, podemos resumir que a Dieta do Tipo Sanguíneo pode te ajudar a emagrecer e de quebra faz bem para a saúde!

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.