Carne vermelha reduz a expectativa de vida

Por J.Costa


É muito difícil resistir a um suculento hamburger, bacon ou pedaço de costela apesar de cada vez mais as pesquisas vincularem o consumo da carne vermelha a doenças crônicas como o diabetes, problemas cardíacos e câncer.

Segundo os mais recentes estudos uma única porção de carne vermelha, bacon ou hotdog é o suficiente para se desenvolver câncer e doenças cardíacas. Isso acontece principalmente porque a carne vermelha contém muita gordura saturada e certos agentes cancerígenos que se formam durante o cozimento.

De acordo com um estudo publicado esta semana, os pesquisadores da Escola Harvard analisaram por quase 30 anos mais de 120.000 adultos e descobriram um risco aumentado de 20% da morte entre os consumidores de carne processada.

Carne vermelha reduz a expectativa de vida

Ainda segundo o estudo a substituição de uma porção diária de carne vermelha por uma fonte de proteína saudável como peixes, aves e nozes reduz ainda os riscos de doença: são 7 por cento para peixe e 14 por cento para aves. As dietas baseadas em peixes tendem a apresentar um menor risco de doença cardíaca e AVC.

Apesar de tudo isso, a vida é muito curta para abrirmos mão de tudo o que é gostoso. O importante é moderar o consumo e sempre que possível optar pelos alimentos mais saudáveis como os peixes.

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.