Aumente a longevidade com a dieta mediterrânea

Por J.Costa


Uma alimentação baseada em frutas, vegetais, frutos do mar e gorduras insaturadas ajuda na saúde do coração.

Você sabia que na pequena Ilha de Icaria que fica próxima a Turquia e a Grécia, a população vive muito bem. É claro que estão cercadas de um paraíso natural, mas outra fonte de vida que a população usufrui está no cardápio que é feito com frutos do mar, vegetais, azeite de oliva e oleaginosas.

Essa ilha é conhecida por manter uma dieta que aumenta a longevidade e isso é fato. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Gotemburgo afirma que quem segue a dieta mediterrânea consegue aumentar em 20% o seu tempo de vida.

Mas a questão não é apenas viver mais, mas sim viver melhor e um dos principais benefícios que essa dieta traz é a saúde do coração. As pessoas que seguem a dieta mediterrânea e tem mais de 60 anos são muito beneficiadas, pois a dieta ajuda na diminuição do peso, melhora a vida dos diabéticos e atua também no declínio da hipertensão.

Todos os alimentos que fazem parte da dieta preservam a saúde cognitiva dos mais velhos e quando as pessoas passam a comer menos produtos de padaria, por exemplo, e passam a comer mais vegetais, o organismo reage de forma mais positiva. Com a dieta mediterrânea os alimentos fazem bem para o cérebro e ao organismo, pois ela é rica em antioxidantes, que são substâncias que combatem os radicais livres, atuando na correção de células em degeneração.

Aumente a longevidade com a dieta mediterrânea

Os resultados com essa dieta são preciosos em relação ao envelhecimento, mas tudo em excesso faz mal, então é preciso ter cuidado porque as gorduras insaturadas em excesso podem provocar problemas no pâncreas, alterando os triglicerídeos. Isso acontece porque a dieta mediterrânea inclui frutas fibrosas, assim como grãos integrais, então não é pobre em carboidratos.

Vantagens da dieta mediterrânea

Além de atuar para o bem do coração, essa dieta influencia também no desenvolvimento de outras doenças, pois contém alto poder antioxidante e as perdas das células são menores.

Com uma dieta rica em vegetais e oleaginosas, há uma renovação das células que, com o envelhecimento do organismo que acontece quando as células passam a inflamar, faz com que o processo de envelhecimento seja lento.

É importante entender que a dieta funciona apenas porque o conjunto de todos os componentes passam a fazer parte do estilo de vida de quem passa a segui-la e agregar um ou dois alimentos dessa dieta não ajuda na qualidade de vida.

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.