Ansiedade engorda! Aprenda a diminuí-la

Por J.Costa


Não só em decorrência das inúmeras situações diárias que nos desafiam, como também daqueles momentos em que temos uma tarefa importante a desempenhar ou um sentimento mal resolvido dentro de nós, nos deparamos com um terrível mal que assola e transtorna a vida de milhares de pessoas: a ansiedade.

Atualmente o índice de obesidade vem crescendo, um fator ocasionado justamente pela falta de domínio que temos sobre as nossas vidas e também sobre as nossas emoções. Por esta razão, nesta matéria buscaremos entender o fenômeno e o porque a ansiedade engorda, para que assim possamos adotar as medidas eficientes com o objetivo de adquirir uma saúde melhor e um peso mais equilibrado. Confira:

Por que a ansiedade engorda?

Entende-se por ansiedade uma aflição ou inquietação, que na maioria das vezes está associada com expectativas futuras. Esse sentimento ativa o sistema nervoso produzindo uma liberação maior de cortisol, o hormônio do stress, que em grandes proporções causa o envelhecimento das células, dos órgãos e dos tecidos.

ansiedade

O cortisol também desregula a produção de suco gástrico e impede a queima de calorias, advindo então uma sensação de fome. A ingestão de alimentos, principalmente os mais pesados, parece amenizar o problema, porém as causas dele são muito mais profundas e requerem mais atenção de nossa parte. No fim das contas, acabamos comendo em demasia e a inquietação continua.

Especialistas australianos afirmam que de fato a ansiedade engorda, de modo que combatê-la se torna essencial não só pela questão estética, como também, para toda a vida.

Como combater à ansiedade?

A ansiedade se inicia em nosso psicológico, quando criamos uma expectativa ou ocupação prévia acerca de uma situação. Para combater a ansiedade o primeiro passo consiste em uma auto análise, perguntando-se “porque estou me afetando com essa situação ao invés de obter um comportamento inteligente para resolvê-la de uma maneira precisa?”.

Modificando essa estrutura com certeza o seu organismo não captará mais sinais de ameaças produzidas pelas emoções, de modo que assim se torna possível uma vida mais equilibrada, além de um corpo mais bonito e saudável.

O segundo passo está no controle sobre o que ingerir quando advém a sensação de fome ocasionada pela produção de suco gástrico: procure beber água, comer uma fruta ou alimentos leves, para que você não sofra posteriormente os efeitos da ansiedade.

Já dizia o ditado: mente sã, corpo são. Portanto, sabendo que a ansiedade engorda, vale a pena aplicar em sua vida formas de pensar diferentes, que garantirão sua beleza e o seu bem estar por muito mais tempo!

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.